segunda-feira, outubro 13, 2008

És como os girassois, que cobrem totalmente de dourado os campos na primavera, me fazem seguir-te com os olhos até o mais profundo horizonte, além das colinas e dos montes.
És como as rosas, que são lindas e que exalam enebriante perfume, mas que também sabem reagir se tratadas desajeitadamente, e mesmo neste momento nos fazem beijar a ferida causada pelo seu toque.
És como as hortências, que beiram meus caminhos nas estradas mais sinuosas, mantendo-me sempre firme na direção correta, sempre atento na próxima curva, sempre curioso sobre o próximo trecho a ser percorrido.
És como as margaridas, de longe até podem parecer comuns e simples, mas quando observadas atentamente mostram um complexo mosaico de formas e cores.
És como os lilases, nunca sabemos ao certo a cor da flor que aparecerá, mas todas elas, sem excessão, são maravilhosos testemunhos da grandeza e da misericórdia de nosso Deus.
Deus te abençoe, querida esposa, que até quando distraída está decorando a sala da minha vida.
Lino Rodrigues
Bom, esse é um texto ou um poema que meu amado marido escreveu para mim em julho desse ano e por conta disso resolvi colocar o nome do blog com esse título - Decorando a sala da minha vida - em agradecimento por amor, carinho, paciência e dedicação a mim.
Eu excluí o primeiro post que coloquei aqui, antes era uma matéria reclamando do fantástico sobre divulgar alguns lugares mais seguros do país (ainda me revolto com a matéria!!!) mas resolvi que colocaria aqui minhas opiniões, sentimentos, idéias e outras coisas mais que forem aparecendo.
Quando criança eu escrevia nas noites de insônia e depois eu rasgava e jogava fora meus "poemas". Hoje lamento por te jogado fora mas acho que tinha medo que meus pais pudessem ler e até reclamar de algo.
Bom, por enquanto é só. Logo que eu consiga colocar um pouco do que venho pensando em ordem, exponho aqui. Até.

2 comentários:

Thiago Mendanha disse...

Oi Priscila... tô vendo que linkou meu blog aqui...

já sabe né... LINKO QUEM ME LINKA

Grande abraço!

Lino Rodrigues disse...

Amor... que coisa!!! Tô meio que pasmo, atônito... nada de ruim mas com emoções muito fortes.

EU te amo muito!!!